-->

RECEBE AS NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL

terça-feira, 6 de novembro de 2018

A Origem do Estilo Afro-House

O estilo Afro-house de origem nacional possui uma mistura de componente electronónica e, não raros casos, com alguns versos típicos ao que se faz no kuduro, igualmente de origem angolana. O Afro-house vem se estendendo cada vez mais a nível do continente e não só. A nível nacional, é comummente feito pelos jovens mas, também já se viu o intercâmbio positivo com músicos de longa data. A título de exemplo é o “remix” da música “Tambuleno” do malogrado Mamukueno com a Dj Djeff, também um dos percursores do estilo Afro-house a nível nacional.


Destaque dos músicos de Afro-House de origem etno-linguístico Bakongo.  
Tal como os outros estilos musicais, qu
ando também interpretados nas línguas nacionais, grosso modo chegam a ter repercussões agradáveis, tendo em conta a valorização das diferentes etnias existentes a nível do País, o mesmo cenário acontece no mais recente estilo musical febre no país que é o Afro-house, onde um leque considerável dos seus fazedores são de origem Bakongo, dentre estes destaca-se os de maior  impacto o Mestre Dangui, um músico que tem tido digressões consideráveis a nível nacional. Dos sucessos destaca-se as músicas “Troia” e “matabicho”. 

Ainda no estilo Afro-house, quem tem sido igualmente referência dos fazedores de origem Bakongo, é o músico Bebucho Q kuia, que atingiu o auge no panorama musical com a canção “akuluwo” que fez sucesso em 2010 e 2011, respectivamente, produzida pelo conhecido Dj Silivi. No entanto, dos seus trabalhos Bebucho Q Kuia conta igualmente com os sucessos “olha estamos a vir” e “encosta…” 
Maya Zuda, é a cantora fazedora do estilo Afro-house de origem Bakongo que tem se destacado firmemente desde 2011. Emprestou recentemente o seu talento na participação do elenco principal da telenovela angolana “Jikulumessu”, cenário que igualmente contribuiu para a sua internacionalização. Dos sucessos de Maya Zuda destaca-se as músicas “Kuankuaram” e, mais recentemente, a música “dois a dois”, com participação de Bebucho Q Kuia. 
Outro músico de Afro-house de origem bacongo que tem destaque a nível nacional com várias digressões internacionais, é o Diclas One que nos seus trabalhos conta com os sucessos “chuta”, que foi febre no ano de 2014 e, mais recentemente o sucesso musical “piza”.

O grupo de estilo de Afro-house com referência a nível nacional é os “The Groove”, constituído pelos músicos Preto Show, Fábio Dance, Mix e dj Hélio Baiano, estes que em tempos idos já faziam sucesso individualmente. Recentemente autografaram no País e em Portugal o seu primeiro álbum intitulado “Segura o corpo”. Das canções  de sucesso dos The groove, destaca-se “Suja”, “Pengulewena”, “dança do gueto” e “segura o corpo”, tema que deu título ao álbum. 

0 comentários:

Enviar um comentário

Copyright © 2018 Soares-Muzik Todos Direitos Reservados
Desenhado Por: Ivanildo Soares