NOVIDADES EM PRIMEIRA

Pesquisar

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Yuri da Cunha descreve os seus 25 anos de carreira como um marco histórico

Carismático, versátil e autor de inúmeros sucessos, Yuri da Cunha falou sobre os seus 25 anos de carreira.

O músico que conquistou o país e não só com a voz, dança e indumentária diferente, descreve o seu percurso artístico como sendo um marco histórico concretizado em vinte e cinco anos de luta e vitórias.


“Quero comemorar as lutas e vitórias que tive e essa comemoração será justamente para esquecer as coisas negativas e transformá-las em positivas, pois foram elas que me permitiram ter mais forças para chegar até aqui com visão e amor no coração”, declarou Yuri da Cunha.


Questionado se ao longo do trajecto ficou alguma coisa por realizar ou se sente que atingiu os objectivos, o intérprete informou que muita coisa não conseguiu fazer, pois acredita que não era para acontecer.


“Isso é como a morte, ninguém morre antes ou depois, todos morrem no tempo que têm de morrer. Então, eu digo que tudo o que não aconteceu, não tinha que acontecer e tudo o que tiver que suceder, virá”, fez saber YC.

E sobre auto-realização, o artista disse: “Sinto-me um homem realizado todos os dias, porque a minha realização está no amor, sempre que vejo um gesto de amor e percebo que as pessoas estão realmente envolvidas em acções importantes para o outro, aí me sinto realizado. Já, em termos profissionais e não só, sempre falta alguma coisa”, finalizou.

Sem comentários:

Enviar um comentário